A emblemática Ruta 40 – Argentina

A emblemática Ruta 40 merece um destaque só pra ela! Esse post fecha a nossa super série sobre a viagem que fizemos de carro percorrendo mais de 11 mil quilômetros pela Argentina.

A Ruta é um grande símbolo argentino e a fama é merecida: percorre o país de sul a norte, somando 5224 km, atravessa mais de 20 parques nacionais, 18 importantes rios, conecta 27 passos de montanha na cordilheira e sobe aos 4895 metros de altitude. É mais extensa rodovia da Argentina – e uma das maiores do mundo!

Nos acompanhe também pelo Instagram e Facebook.

Nesta estrada, que lembra a Rota 66 dos EUA, ouvimos muita música, tomamos mate (chimarrão), paramos em postos de combustíveis inusitados, que lembravam os filmes de faroeste e paramos muitas, muitas vezes, para fotografar e sentir tudo que um trajeto dessa magnitude proporciona.

Desde que a rodovia começou a ser construída em 1935 sofreu várias modificações no seu percurso. Já havíamos percorrido parte dela quando fizemos o Norte da Argentina, em 2019. Mas agora a imersão nesta mítica rodovia foi maior. Percorremos do extremo Sul até Mendoza.

Aqui encontramos cidades e atrativos espetaculares, como os Glaciares, vinícolas, e montanhas, mas também muitos quilômetros de paisagens desérticas, onde os guanacos são a única companhia…

Pegamos trechos em excelentes condições de pavimentação, mas também quase 200 quilômetros *(conferir)* de estrada de chão, rípio como denominam, já que possui um característica particular: a presença de pedras arredondas pelo efeito da água do degelo, há milhões de anos.

De Mendoza a Junín de Los Andes há um trecho de mais ou menos 160km de rípio, mas só se você desviar por Zapala. Se seguir pelo rípio deverá encontrar cerca de 300km (não fomos por este caminho). O trecho de 160km é tranquilo, basta seguir numa velocidade moderada.

Nas subidas geralmente têm costelas na pista e trepida muito. A dica é baixar a calibragem do pneu no rípio umas 5 a 8 libras e depois no asfalto na primeira gomeria (borracharia dos hermanos) encher novamente.

De Bajo Caracoles (bem ao sul) até Gobernador Gregores são outros 73 km de rípio. Novamente nada complicado. Só ir em velocidade compatível.

Esse trecho de rípio após Esquel citado acima você encontra se for pela “antiga ruta 40”. A “nova” é toda asfaltada (feita por um Presidente que resolveu colocar a Ruta 40 em outras rotas asfaltadas, só para dizer que é toda pavimentada…).

Sem dúvida, parte da magia deste roadtrip está nos encantos e nos desafios da Ruta 40!

Sonho de muitos viajantes, dos maduros aos imaturos, ela realmente fascina. Conte pra gente se ela também figura nos teus planos e quem levarias contigo nesta aventura!


Agradecemos demais aos amigos Guillermo e Ana por todo apoio nas visitas em Mendoza e pela antiga e valorosa amizade!

Esta é uma série de postagens sobre a viagem que o Viajante Maduro realizou pela Patagônia Argentina e Chilena, além de Buenos Aires e Mendoza, de janeiro a março de 2022. A viagem foi feita de carro e levou 55 dias, percorrendo 12 mil quilômetros.


 

Confira as outras matérias sobre nossa Road Trip pela Patagônia


Importante:

O Viajante Maduro viaja como ideal de vida e profissão.

A opinião aqui expressa é a nossa verdade!

Esta matéria contou com a produção textual da publicitária Alexandra Ungaratto e com a colaboração da futura publicitária Lúcia Fávero Moraes.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook, no Youtube e no Instagram. Também aproveita e te inscreve aqui no blog, cadastra teu e-mail, assina e depois, quando receber o e-mail em sua caixa de mensagens, confirma! Isso é super importante para a gente! Estímulo para continuarmos com este blog. Agradecemos!

Esperamos que tenham gostado desta postagem, que teve sua elaboração feita com muito carinho e atenção. Queremos compartilhar nossas experiências com o objetivo de ajudar aos nossos leitores a terem experiências e vivências memoráveis em suas viagens, como nós.

Comentários