Caxias urbana, a tradicional cidade da Serra Gaúcha 

Estamos em Caxias do Sul, a segunda cidade mais populosa do RS! Vamos redescobrir esse destino? Muito além das obviedades!

A necessidade de colonização e povoamento do território gaúcho resultou na chegada de tiroleses, vênetos, lombardos e trentinos, vindos das cidades italianas de Cremona, Beluno e Milão. Em 1875, chegaram a Porto Alegre os primeiros colonos saídos de Olmate, província de Milão. Em pequenos grupos foram transportados até o porto de Guimarães (atual município de São Sebastião do Caí) e, seguindo o vale do Rio Caí, chegaram ao então Campo dos Bugres.

Dois anos após o início da ocupação dos imigrantes, o território recebeu a denominação de Caxias, em homenagem a Duque de Caxias. A colonização italiana está representada nas construções, monumentos, museus, igrejas, prédios e arquitetura. Um patrimônio histórico-cultural que vamos descobrir juntos!

Nos acompanhe também pelo Instagram e Facebook.

Museu de Ambiência Casa de Pedra 

No centro da cidade, fomos conhecer o Museu de Ambiência Casa de Pedra, um dos mais tradicionais atrativos de Caxias do Sul. Inaugurado em 1975, ano do Centenário da Imigração, o Museu fica em uma casa construída em meados do século XIX pela família Lucchese que serviu como moradia, espaço de serviços e negócios para os Lucchese e outras famílias.

A casa é toda construída com pedras basálticas, rejuntadas com barro. No interior, estão móveis, objetos de decoração, roupas e outros objetos que representam a vida da época. Lembrei que, em casa, chegamos a usar os colchões de palha, acreditam? “Paion” como a gente chamava…

As visitas no museu são acompanhadas de um guia, que explica a história da casa, das famílias que passaram por ali (vimos um berço que acolheu 15 crianças da mesma família!) e dos objetos expostos. Na área externa, há também um parreiral e um poço que era utilizado na época. Um lugar de memória que vale a pena ser visitado!

Horário de atendimento

O horário de funcionamento vai das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira.

Aos domingos, há um rodízio entre os museus municipais da cidade, sendo que abrem um domingo no mês.

Contatos
Telefone: (54) 3901-1463
Endereço: R. Matteo Gianella, 531 – Santa Catarina – Caxias do Sul – RS

Igreja São Pelegrino

E quando a experiência turística também é espiritual?

No centro de Caxias conhecemos a Igreja São Pelegrino, uma referência de Caxias do Sul e muito famosa pelas belíssimas obras de arte, em sua maioria pintadas pelo pintor italiano Aldo Locatelli.

 O pintor iniciou seu trabalho em 1951 e levou 10 anos para concluí-lo. As obras contemplam a Santa Ceia (ao fundo, no altar); a Via Sacra (14 painéis expostos nas paredes laterais); e o Juízo Final (no teto), inspirado na Capela Sistina de Roma, Itália.

Além das obras de Locatelli, há também outras obras e monumentos, como uma réplica da Pietá, de Michelangelo, doada pelo Papa Paulo VI em comemoração ao Primeiro Centenário da Imigração Italiana no Rio Grande do Sul.

É impressionante e nos emociona o fato de termos obras tão belas perto da gente! Também visitamos a casa de memória São Pelegrino, importante acervo sobre a história da igreja, do padre Eugênio Ângelo Giordani e do bairro São Pelegrino.

O padre Leonardo nos apresentou toda a obra e a grandiosidade de Aldo Locatelli e nos ensinou uma bela lição sobre a Igreja: arte a ser apreciada e uma experiência de fé.

Contatos
Telefone: (54) 3221-2567
E-mail: saopelegrino@diocesedecaxias.org.br
Endereço: Av. Itália, 54 – São Pelegrino – Caxias do Sul – RS

Marcopolo 

Turismo industrial? Sim, existe. E nós estamos no “Vale do Silício do Empreendedorismo”. Vocês sabiam que a cada 13 pessoas, há 1 CNPJ em Caxias do Sul – Serra Gaúcha. Impressionante!

E se falamos de alta tecnologia, competitividade e empresa reconhecida no mundo todo, falamos também da caxiense Marcopolo. Fundada em 1948, é responsável por quase metade da produção nacional, é a maior encarroçadora da América Latina e terceira maior do planeta. Uma gigante nacional que nasceu aqui na Serra Gaúcha!

Visitamos a fábrica de carrocerias (por questão de segurança, não é permitido filmar), o espaço do cliente, onde sentimos de fato o conforto dos assentos (a poltrona G8 abraça a gente!), os ônibus mais modernos disponíveis e fizemos uma viagem na história dessa empresa modelo.

Para preservar e enaltecer a importância da empresa, foi criado o Espaço Memória Marcopolo – Valter Gomes Pinto. O acervo conta com mais de 120 mil itens entre fotografias, revistas, jornais, gravações de áudio e vídeo, certificados, relatórios, informativos, troféus e outros objetos que compõem o patrimônio documental e informativo da Marcopolo.

O papel comunitário da Marcopolo também se faz presente no amplo banco de dados e tem o objetivo de disponibilizar informações relacionadas à evolução dos negócios, fornecer subsídios para ações presentes e futuras e atuar como meio de ligação entre a empresa e os públicos interno e externo.

Horário de atendimento

A visitação no Espaço Memória Marcopolo – Valter Gomes Pinto ocorre de segunda a sexta-feira das 09h às 16h.

Contatos
Telefone: (54) 3221-2567
E-mail: sac@marcopolo.com.br
Endereço: BR 116, Km 141 nº 10500 – Ana Rech – Caxias do Sul – RS

Cervejaria Felsen 

Na terra da uva também tem cerveja sim, senhores!

E agora é hora de conhecer a primeira cervejaria vitrine da Serra Gaúcha: a Felsen. A cervejaria tem uma linha extensa de produtos, mas o mais interessante é poder provar direto dos tanques, além de conhecer todo o processo de elaboração e, obviamente, consumir os produtos no bar.

Há diversos petiscos que harmonizam bem, como pizza, bolinho de bacalhau e salsicha bock (que o Rômulo adora!)

A Felsen nasceu em 2015 e pertence a três sócios. Hoje, a cervejaria produz, em média, 15 mil litros de cerveja por mês, divididos em sete estilos: Munich Helles, Premium Lager, Witbier, American Ipa, Ensenada, Irish Stout e Märzen. A Premium Lager foi eleita, em 2017, a melhor cerveja do Brasil!

Horário de atendimento

De terça a sexta-feira das 17h à 1h.

Sábado das 15 à 1h.

Domingo das 16h às 21h.

Contatos
Telefone: (54) 3416-2771
Instagram: @cervejariafelsen
E-mail: contato@cervejariafelsen.com.br
Endereço: Av. Rubem Bento Alves, 2817 – Perimetral Norte – Caxias do Sul – RS

Pavilhões da Festa da Uva 

Armazém do Gringo 

Visitamos o Armazém do Gringo, que hoje fica nos Pavilhões da Festa da Uva – antes atendia em um restaurante no distrito de Santa Lúcia do Piauí.

Fomos recebidos pelo Ricardo, que nos saudou com um espumante regional e todo o acolhimento típico dos imigrantes italianos. No coração de Caxias, como bem nos disse Ricardo, a família trouxe um pouco do tempero rural para a cidade!

O Armazém do Gringo oferece aos visitantes opções de gastronomia típica italiana de formas diversas:

Um café colonial, com direito a bolo, cuca, grostoli…

Almoço aos domingos, que é servido a partir das 11h30min ao valor de R$ 60, também à vontade (e comida de italiano à vontade é muita comida, viu?). Provamos o almoço no dia da nossa visita: a famosa sopa de agnolini (que você talvez conheça como capeletti, mas em Caxias é agnolini), galeto desossado, tortéi, queijos e salames, risoto, queijo grelhado, radicci e sobremsas como pudim, biscoitos e doce de leite… já perceberam a fatura, né?

Há também a opção de uma cesta para piquenique na grama (o visitante paga separadamente os produtos que deseja e monta a própria cesta). 

Os vinhos também são locais, feitos pelos integrantes do Caminho da Colônia.

Horário de atendimento

De quarta-feira a sábado, das 14h às 17h

R$ 50 por pessoa, à vontade.

Contatos
Telefone: (54) 99202-2767
Instagram: @armazemdogringo54
Endereço: Estrada Claudino Antônio Costa, 130 – Santa Lúcia do Piaí (Réplicas, Pavilhões da Festa da Uva) – Caxias do Sul – RS

Bolicho dos Piardi

Procura uma opção de almoço gaúcho, aos domingos, em Caxias do Sul?   Então você precisa conhecer o Bolicho dos Piardi.

O casal de proprietários Nicássio Lisboa Piardi e Anna Paula Piardi nos recebeu.  O espaço de gastronomia ítalo-gaúcha teve inspiração nos pais de Nicássio, a mãe era de origem italiana e o pai cultivava muitos costumes gaúchos.

Estão no espaço das réplicas da Festa da Uva, desde setembro de 2018. Antes, no bairro São João, durante 20 anos.

Prezam pela simplicidade, o acolhimento, e a mescla da cultura italiana e gaúcha.  “Quem vem é acolhido como quem chega em casa”, nos disse Ana Paula.

Todo domingo há música ao vivo – neste, estava tocando o clássico dos Irmãos Bertussi “Ô de casa”. Emocionante!

O serviço é em formato de buffet e conta com carnes, saladas, queijos, sobremesas e comidas quentes. São cinco pratos quentes e sobremesas típicas como ambrosia, doce de gila e sagu com creme (buffet livre R$ 45 por pessoa).

Genial a grelha campeira montada no restaurante!

Ana nos contou que está organizando também projetos temáticos para o amplo espaço, como o Natal Nativista e demais ações resgatando as diversas etnias que compõem Caxais do Sul. Eventos a serem divulgados no perfil do Bolicho.

Várias atividades estão sendo desenvolvidas nas réplicas Vila Colonial de Caxias e, além do Armazém do Gringo, há outros quatro empreendimentos: um bar de blues; um bolicho gaúcho; a Casa do Artesanato; e a Casa de Produtos Coloniais.

No meio da grande cidade de Caxias, nos sentimos no interior!

Horário de atendimento

O atendimento vai das 12h às 14h aos domingos.

Contatos
Telefone: (54) 3224-5034
Instagram: @bolichodospiardi
E-mail: bolichopiardi@gmail.com
Endereço: Ivo Remo Comanduli, 1431, Portão 03, Salão Paroquial Pavilhões Festa da Uva – Caxias do Sul – RS

Ainda nos Pavilhões da Festa da Uva há o Monumento Jesus do Terceiro Milênio, feito pelo escultor e metalúrgico caxiense Bruno Segalla. A obra conta com 20 metros de altura e uma vista privilegiada da cidade.

Na escultura, Cristo se encontra numa posição de meditação, com os olhos semicerrados e o semblante serrano, confirmando que a reflexão é o caminho para a sabedoria. Há no local, uma interessante frase do escultor Segalla: a mim esta obra faz lembrar mudanças e equilíbrios. Interessante, não é mesmo?

Junto ao Monumento, há o Memorial Atelier Zambelli, criado com a intenção de preservar o histórico da família Zambelli, que se destacou pelas esculturas em madeira e moldes de gesso. No parque, também é possível encontrar uma Réplica de Caxias de 1885, que é um conjunto de 17 casas de madeira que seguem os padrões construtivos daquela época, além da Cidade de Rolhas, que expõe traços temáticos de uma típica vila italiana, feita com cerca de 45 mil rolhas.

Para quem deseja contratar uma empresa de receptivo, indicamos o Jacson da Arte do Turismo (@artedoturismo) com o passeio de “Andiamo”, um caminhão de 1982 e carroceria dos anos 60 – confortável e belíssimo. A alegria do talian se fez presente do melhor modo possível: “sono um italiano, un italiano vero”, como diz a famosa música.


Esta é uma série sobre a ampla e qualificada oferta de Caxias do Sul. Viajamos a convite da Prefeitura de Caxias do Sul e contamos com o apoio do Sebrae RS.

Agradecemos a recepção do Secretário de Turismo de Caxias do Sul, Enio Martins, da diretora de Turismo Renata Costa, e do motorista Fábio Devez e de todos os empreendedores que nos receberam em Caxias do Sul!


Confira as demais atrações desta bela região gaúcha:


Importante:

O Viajante Maduro viaja como ideal de vida e profissão.

A opinião aqui expressa é a nossa verdade!

A série de textos sobre Caxias do Sul contou com a produção textual da publicitária Alexandra Ungaratto e fotos e vídeos da futura publicitária Lúcia Fávero Moraes, sempre com nosso acompanhamento e, principalmente, nossa experiência e vivência, especialmente da Ivane Fávero que foi a consultora responsável pela elaboração do Plano Municipal de Turismo do município.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook, no Youtube e no Instagram. Também aproveita e te inscreve aqui no blog, cadastra teu e-mail, assina e depois, quando receber o e-mail em sua caixa de mensagens, confirma! Isso é super importante para a gente! Estímulo para continuarmos com este blog. Agradecemos!

Esperamos que tenham gostado desta postagem, que teve sua elaboração feita com muito carinho e atenção. Queremos compartilhar nossas experiências com o objetivo de ajudar aos nossos leitores a terem experiências e vivências memoráveis em suas viagens, como nós.

Comentários