Descubra San Martín – Novo Destino Enoturístico de Mendoza | Argentina

San Martín é um novo destino turístico de Mendoza. Possui 150 vinícolas, 22 hectares de uva bonarda (maior produção do mundo), pouco mais de 100 mil habitantes e grande extensão territorial. Foi a cidade escolhida pelo general San Martin para viver e onde implantou avanços inovadores como o encanamento das águas do degelo. Vamos conhecer melhor?

Nos acompanhe também pelo Instagram e Facebook.

Contamos com a hospitalidade e gentileza do Jorge Corrales (@jorgeecorrales) que, além de nos dar uma carona, ainda nos indicou ao chef Daniel Alcalde (@danialcaldeok) e a empresa Gower (@gower.ar), que montaram um lindo almoço para a gente. Eles trazem tudo, da decoração à comida e montam almoço ou jantar na Bodega Viña Alta (@bodegavinaalta).

A Bodega Viña Alta é uma empresa familiar e fomos recebidos com entusiasmo pelo Emiliano, neto do fundador Miguel. São 80 hectares de vinhedos, com produção de 1 milhão de litros por ano, sendo 20% vendido em garrafas – ainda há uma boa venda em ‘dama Joana’, os garrafões daqui, de 5l, e um custo bem mais baixo (o que faz ser consumido pelos argentinos mais tradicionais).

Booking.com

Quando voltamos da visita, a mesa estava lindamente arrumada e os aromas da cozinha já anunciavam um rico almoço. Valorizando os pratos tradicionais, o chef Daniel preparou, a pedido do diretor de turismo de San Martin, um cardápio cheio de histórias e sabores. Os huarpes criaram e nós provamos o tomaticán: tomates, cebola e ovos! Sopa fria de abóbora e laranja, deliciosa! Cabra (chivo) com frutos secos, purê de batata doce com chocolate branco; pão caseiro e quentinho; tudo harmonizado com ótimos vinhos da Viña Alta.

Agradecemos ao Secretário de Turismo e ao Secretário de Desenvolvimento Econômico de San Martín por nos receber. Ficamos felizes entre amigos neste dia!

E pensam que o domingo ficou por aí? Não, não! Já que tínhamos pouco tempo para conhecer a cidade nos propuseram, ao final do dia, conhecer o município de um jeito diferente!

Sobrevoamos a cidade e descobrimos San Martin pelo ar!

O piloto, Facundo Matias (@facundomatias5) transmite total segurança e até convida para pilotar junto! Recomendamos muito o passeio. Os voos duram de 15 a 20 min e o valor é de 3500 pesos (por volta de R$90) para uma pessoa.

Já que estamos na única cidade do mundo que teve sua denominação homenageando o general San Martín em vida, fomos conhecer também o museu construído em sua chácara! Uma honra conhecer e pisar nessa terra. Há outros museus dedicados a ele em Mendoza capital e Buenos Aires, além da França, onde viveu os últimos anos da vida. Argentina, Chile e Peru são três dos países libertados por ele.

Vimos também uma cruz dos jesuítas de 1695, uma imagem da Virgem de Carmen de Cuyo, o espaço especial destinado à vitivinicultura, a cadeira do general Martín e a chama que segue sempre acesa, entre tantas outras coisas.

Recebemos, ainda, o carinho do Município de San Martín, com vinhos bonarda, azeite e um livro das mãos do secretário de Turismo Jorge Corrales (@jorgeecorrales) e de Cultura Laura (@cultura_sanmartingob). Adoramos e muito agradecemos! O Jorge até colocou o adesivo da Rotas Sanmartinianas no nosso jeep!

Site: www.sanmartinmza.gob.ar

ONDE FICAR

Além da belíssima experiência, também ficamos hospedados na Bodega Viña Alta (@bodegavinaalta). A casa histórica foi transformada em uma pousada de campo, em um espaço amplo e rodeado pela natureza vitivinícola. No final de semana que estivemos em San Martín, foi toda nossa!
O espaço é super amplo, ideal para receber uma família ou grupo de amigos. São vários quartos, uma cozinha completamente equipada e tudo bem decorado e aconchegante.
A reserva pode ser feita diretamente pelo WhatsApp, aqui.

O CAMINHO DE VOLTA

Escolhemos algumas paradas estratégicas no caminho que fizemos para chegar até a fronteira com Uruguaiana.

Onde parar:

Hotel Potrero de los Funes – San Luis | Argentina

Escolhemos o Hotel Potrero de los Funes, uma parada estratégica e uma feliz descoberta (lembrando que saímos de Mendoza rumo a San Luis). Fica na Ruta 18, km 16. A estrada de acesso e os arredores estão super bem cuidados.

Um belo hotel em uma linda região! O quarto é grande e bonito, com uma linda vista para o lago. O banheiro também é amplo e tivemos à disposição roupões, café, água, chá de boa- vindas… detalhes que fazem diferença e adoramos.

O hotel também possui piscina térmica (que aproveitamos), uma bela adega, cabanas e restaurante flutuantes, empréstimo de bicicletas, cassino, atividades de recreação para adultos e crianças, spa, galeria de arte, cinema… Infraestrutura bem completa mesmo!

Curiosidade: em 2005 foi realizado o Campeonato Mundial de Xadrez no hotel, vencido pelo búlgaro Veselin Topalov.

Ao darmos uma caminhada no entorno, conhecemos a Quebrada dos Condores, local encravado na rocha, onde construíram uma imensa estátua em formato de condor – e onde há atividades de escalada. O entorno do lago já foi pista de corrida de automóveis, dando um aspecto único, com largas avenidas, estruturadas, onde hoje as pessoas fazem caminhadas.

Visitamos, ainda, o Monumento à Independência do Povo Puntano, que homenageia o povo de San Luis que integrou o exército libertador do general San Martín. Fica em um amplo Parque onde também é possível passar o dia. Há churrasqueiras, banheiros limpos e artigos regionais à venda. No interior do monumento há placas com os nomes dos personagens da Independência. Local de grande valor histórico.

Contatos
Telefone: +54 (0266) 4440038 | 4495115 | 4495043
E-mail: reservas@hotelpotrero.sanluis.gov.ar

Hotel Howard Johnson Mayorazgo – Paraná – Entre Ríos | Argentina

Na ultima noite na Argentina, ficamos no Hotel Howard Johnson Mayorazgo na cidade de Paraná, a capital da província de Entre Ríos. Fica a aproximadamente 480 km da capital, Buenos Aires.

O hotel tem piscina, spa, academia, cassino, entre outros. Preferimos dar uma caminhada pelo entorno, que tem uma área linda, já que fica junto ao Parque Urquiza que tem 44 hectares.

Contatos
Telefone: +54 9 3434 75-4536
E-mail: reservas@hjmayorazgo.com.ar
Instagram: @hjmayorazgo

 

 

Mais um canto charmoso da Argentina sendo descoberto lindamente! Momentos inesquecíveis nesta roadtrip. Fechamos 55 dias em solo argentino!  Quem passou a nos acompanhar depois desta viagem?  Quem já estava por aqui antes desta grande aventura?


Agradecemos demais aos amigos Guillermo e Ana por todo apoio nas visitas em Mendoza e pela antiga e valorosa amizade!

Esta é uma série de postagens sobre a viagem que o Viajante Maduro realizou pela Patagônia Argentina e Chilena, além de Buenos Aires e Mendoza, de janeiro a março de 2022. A viagem foi feita de carro e levou 55 dias, percorrendo 12 mil quilômetros.


 

Confira as outras matérias sobre nossa Road Trip pela Patagônia


Importante:

O Viajante Maduro viaja como ideal de vida e profissão.

A opinião aqui expressa é a nossa verdade!

Esta matéria contou com a produção textual da publicitária Alexandra Ungaratto e com a colaboração da futura publicitária Lúcia Fávero Moraes.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook, no Youtube e no Instagram. Também aproveita e te inscreve aqui no blog, cadastra teu e-mail, assina e depois, quando receber o e-mail em sua caixa de mensagens, confirma! Isso é super importante para a gente! Estímulo para continuarmos com este blog. Agradecemos!

Esperamos que tenham gostado desta postagem, que teve sua elaboração feita com muito carinho e atenção. Queremos compartilhar nossas experiências com o objetivo de ajudar aos nossos leitores a terem experiências e vivências memoráveis em suas viagens, como nós.

Comentários