Dicas do que Fazer e Visitar em Torgiano, Montefalco, Perugia, Assis e Orvieto – Enoturismo na Umbria, Itália

Uma linda região, pouco conhecida pelos brasileiros que, em geral, vão somente até Assis, com foco no turismo religioso (São Francisco de Assis) e não sabem o que estão perdendo, deixando de conhecer suas lindas cidades, os borgos históricos, as ruelas encantadoras e os inúmeros eventos.

Foi um função de um evento que estive visitando a região, no mês de junho deste ano (2017), a convite da Città del Vino, organização que trata do desenvolvimento do setor vitivinícola e enoturístico na Itália. Fundada em 1987, possui mais de 500 sócios, entre cidades, associações, parques, Strade del Vino e comunidades. Entre as principais ações, realiza o evento La Selezione del Sindaco, um concurso de vinhos da Europa e de países (de fora deste continente) convidados, sendo que o Brasil já participou e levou uma medalha de ouro para o espumante.

Este ano a Città del Vino promoveu o II Congresso Europeu de Enoturismo, ou Simpósio Europeu de Enoturismo, em parceria com a Aenotur, IterVitis, Recevin e AMPV.  Fui convidada para palestrar falando sobre o Enoturismo no Brasil e na América Latina. Obviamente, não deixei de comentar sobre a forte relação da imigração italiana com a vitivinicultura do Brasil, o que é desconhecido por boa parte dos italianos.

No mesmo dia, fui eleita Presidente da Associação Internacional de Enoturismo – Aenotur, representando o Instituto Brasileiro do Vinho – Ibravin! Uma honra, um desafio, uma grande responsabilidade!
Público atento, apesar do calor! Um dia intenso, uma verdadeira maratona, com mais de 20 palestrantes de 5 países.
Amigos da Aenotur.
A noite, jantar de encerramento do Congresso. Brasil, Portugal e França! O vinho nos une!
Amigos do Enoturismo!

Além da participação no Simpósio, fui convidada a integrar o PressTrip, com jornalistas convidados. Uma honra para o Viajante Maduro. Visitamos três cidades: Torgiano (onde estive hospedada e se realizou o evento), Montefalco e Orvieto, as três cidades do vinho da Umbria. Além destas, com amigos de Portugal, visitamos Assis e Perugia. Ah, na volta, claro, uma passada por Roma, já que o embarque de volta para o Brasil, seria do Aeroporto Fiumicino.

Alguns dos jornalistas que integraram o Press Trip. Almoço em Montefalco.

A Umbria é uma região italiana, habitada desde a época proto-histórica, pelos etruscos e úmbrios.  Conquistada pelos romanos, no ano 295 a.C. foi território de desenvolvimento e de guerras. Tanta história permite que se presencie um legado importante, um rico patrimônio histórico e arquitetônico, perfeito para os apaixonados pela antiguidade.

As belas paisagens da Umbria. Aqui, em Montefalco.

A região desempenhou e desempenha papel importante no catolicismo, sendo o local de nascimento de São Francisco de Assis, em 1180, e fundador da ordem dos franciscanos. O Santo dos animais, do amor à natureza. Gosto muito de sua ideologia (de simplicidade) e de sua luta (pela natureza e pelos animais). Francisco de Assis morreu em 1226 e foi proclamado Santo da Igreja Católica em 1228.

Os girassóis da Umbria.

TORGIANO

Torgiano é uma comuna italiana da região da Umbria, província de Perugia, com cerca de 5.415 habitantes.

Fomos recebidos na Cantina Lungarotti, por ocasião do Simpósio Europeu de Enoturismo, excelentes vinícola e vinhos. A vinícola, fundada por Giorgio Lungarotti agora é administrada pela filha Chiara. Participam do movimento Cantine aperte e ressaltam a importância do enoturismo na filosofia do negócio. Tivemos um excelente jantar, aproveitando o calor da estação, no alpendre da vinícola (sacada coberta e aberta).

Visita à Cantina Lungarotti.

Também tivemos a grata possibilidade de visitar o MUVIT – Museu do Vinho de Torgiano. Excelente estrutura e atendimento.  Nasceu de uma ideia de Giorgio Lungarotti (vide Cantina Lungarotti),com a organização de sua esposa Maria Grazi Marchetti, está situado no Palácio Graziani Baglione (anos 600), no centro histórico de Torgiano. Fundamental visita para os ‘amantes da arte, da cultura e do bom viver’, como afirmam, e para os que desejam conhecer ou aprofundar seu conhecimento sobre a história e cultura do vinho.  Entre as principais coleções, destacam-se: As vinhas e o vinho na antiguidade; O ciclo da vitivinicultura; O vinho e o jogo; O vinho como alimento; O vinho como medicamento; O mito Dionísio, além de coleções de impressos antigos e modernos.

MUVIT – Museu do Vinho de Torgiano
MUVIT – Museu do Vinho de Torgiano
MUVIT – Museu do Vinho de Torgiano
MUVIT – Museu do Vinho de Torgiano
MUVIT – Museu do Vinho de Torgiano

Outra visita imperdível é o MOO – Museu do Olivo e do Óleo (Museu dell’Olivo e dell’Olio), também gerido pela Fundação Lungarotti, está localizado a poucas quadras do Museu do Vinho, também no Centro Histórico de Torgiano. Entre a história e o mito, assim é organizada a exposição, nas diversas salas do museu.  Desde a divindade grega Atena, que, conta a mitologia, doou a oliveira à humanidade, passando pela compreensão do óleo, ou azeite no Brasil,  como produto da dieta mediterrânea, como tratamento medicinal ou ingrediente de produtos de beleza, seguindo pela arte ligada ao seu consumo, a cerâmica, as peças gráficas, com foco na produção das oliveiras até a elaboração do azeite, o museu encanta e nos faz aprender mais sobre este precioso alimento.

MOO – Museu do Olivo e do Óleo
MOO – Museu do Olivo e do Óleo
MOO – Museu do Olivo e do Óleo

Durante todo o período estive hospedada no Agriturismo La Montagnola. Excelente lugar para se descansar, relaxar, desfrutar. O atendimento é cordial e o cuidado com a limpeza dos ambientes e os jardins é primoroso. Não é o melhor lugar para se estar sozinha, mas super recomendo para casais e famílias. Localizado no meio de oliveiras e outras árvores frutíferas, possui piscinas e áreas de convívio, é perfeito para se relaxar e visitar as belas cidades da Umbria.

O caminho que leva até o Agriturismo La Montagnola
Uma das casas do Agriturismo La Montagnola
“Meu apartamento”no  La Montagnola
Estava com muita fome e distante de tudo, e a proprietária gentilmente me preparou este lanchinho de boas vindas!
A vista da minha janela, no Agriturismo La Montagnola
Amenities do La Montagnola
Agroturismo La Montagnola
Amo estas casas antigas e cheias de história. Agroturismo La Montagnola.
A piscina estava convidativa com o super calor. Agroturismo La Montagnola.

BRUFA

Visitamos esta pequena localidade, ao norte de Torgiano e nos encantamos com o parque de esculturas, denominado ‘La Strada del Vino e dell’Arte’.  Criado em 1987, quando recebeu a primeira escultura de Massimo Pierucci, a exposição permanente de obras de arte, a céu aberto, foi sendo ampliada anualmente, cada ano recebendo um novo escultor convidado.  A localidade é belíssima, vale a visita!

‘La Strada del Vino e dell’Arte’.

 

TERRE MARGARITELLI

Ainda em Torgiano, pudemos visitar a Vinícola Terre Margaritelli. A empresa possui e está localizada no meio de 60 hectares de área certificada como ‘biológica’, no Brasil seria denominada ‘produção orgânica’. Desses 60, 52 hectares estão cobertos de vinhedos. Cabe ressaltar que Torgiano é uma das primeiras DOC Italianas (Torgiano DOC – reconhecido em 1968) e DOCG obtida em 1990, com o Torgiano Rosso Riserva .

Para harmonizar com os vinhos Terre Margaritelli. Os queijos pecorino da região são fantásticos!
Físico e virtual!

 

MONTEFALCO

Montefalco é uma comuna italiana da região da Umbria, província de Perugia, com cerca de 5.628 habitantes. Caminhar pelo centro histórico, almoçar em um de seus restaurantes, visitar suas igrejas e se encantar com a decoração em dias de eventos, é um programa agradável para um ou dois dias.

Considerado um dos mais belos ‘borgos’ da Itália, é aqui que se elabora o famoso vinho Sagrantino.

Algumas das delícias que nos foram servidas, num destes simpáticos restaurantes da histórica praça ‘Piazza del Comune’ onde se localiza o ‘Palacio Comunale’ e o ‘Museu Civico’.

Nesta noite se comemorava o romance, a ‘Notte Romantica’, que deixava a cidade ainda mais bela. Ruas decoradas de rosa, show na praça central, cardápios especiais nos restaurantes. Para nós, integrantes do Congresso de Enoturismo, nos foi proporcionado um jantar, em meio às muras de uma antiga construção, ao lado da Igreja de Santo Agostinho.

Muitas imagens como estas no grande presépio da Igreja de Santo Agostinho.
A bela Montefalco.
Muito romance… Só faltou meu amore!
Anoitece tarde no verão europeu. Jantar em Montefalco.

Oportunidade ímpar! Degustar os vinhos Sagrantino di Montefalco e il Montefalco Rosso. Surpreendente!

 

ORVIETO

A maior das 3 cidades do vinho, possui mais de 20.000 habitantes, é encantadora! Um centro histórico precioso. Prepare-se para caminhar muito! Uma das mais antigas cidades da Itália, excelente visita para quem está na Umbria ou para quem está em Roma e pretende fazer um bate-e-volta de trem.

Orvieto.

Depois de caminhar pelo centro histórico e almoçar uma preciosa ‘pasta alla matriciana’, decidimos ir visitar o Poço de São Patrício (Pozzo di San Patrizio, Séc XVI) , junto à Fortaleza de Albornoz, do século XIX.  Bem, dica de Viajante Maduro, vá antes do almoço e prepare-se para descer (e subir) muitas escadas.

O famoso poço.

Ao subir cheguei a pensar que não valia a pena, pois ao chegar no fundo, encontra-se uma água suja, frustrante, mas a história e a engenharia do lugar impressionam. Como as escadas que descem e sobem não se encontram?  São 62 metros de profundidade e um diâmetro de 13,5 metros e 248 degraus!  A entrada custa 5,00 euros.

As escadas paralelas.

Impressiona a Duomo di Orvieto, com suas cores e mosaicos. Sua construção teve início em 1290 e levou três séculos para ser finalizada. Em seu interior, uma das mais importantes obras é o afresco do Juízo Final que, contam, inspirou Michelangelo quando realizou a famosa Capela Sistina.  A entrada custa 3,00 euros.

 

PERUGIA

Perúgia ou Perúsia é uma comuna italiana. Capital da região da Úmbria e capital da província homônima, com cerca de 158.313 habitantes. Localizada há 170 km de Roma e próximo à região da Toscana, esta cidade merece estar em seu roteiro de visitas pela Itália por várias razões: o magnífico centro histórico, os famosos chocolates, os eventos (Umbria Jazz Festival e Eurochocolate) e os 3.000 anos de história!

Perugia, Umbria, Itália.

Cabe ressaltar que esta é a cidade do famoso Bacio Perugina, desde 1922. Inicialmente denominado de cazzotto, devido ao seu formato irregular. É composto de gianduia (mistura de chocolate com creme de avelã), grãos de avelã e coberto com chocolate derretido. Hummmm!!!!

Terra do Chocolate. Perugia, Umbria, Itália.

Já havia estado nesta fabulosa cidade em 2001, participando de um curso de agroturismo, mas, desta vez, passeamos pela cidade à noite. Fantástico ver tanta gente na rua, tranquilamente, caminhando por suas ruas históricas, lotando os bares e restaurantes. Pretendo voltar!

Tranquilidade em Perugia, Umbria, Itália.
Bela campanha! Estímulo à doação de órgãos, especialmente o coração.
Perugia é história.

 

ASSIS

E ele é belo e radiante!

Louvado sejas, meu Senhor, Com todas as tuas criaturas,
Especialmente o Senhor Irmão Sol,
Que clareia o dia
E com sua luz nos alumia.

O Cântico das Criaturas – São Francisco de Assis

Assis é uma cidade e sé episcopal no flanco ocidental do Monte Subasio, na região da Umbria, província de Perugia, com cerca de 24.443 habitantes.  Terra natal de São Francisco e Santa Clara, o vilarejo atrai milhares de turistas a cada ano, graças ao grandioso patrimônio artístico, arqueológico e histórico e, principalmente, pelo turismo religioso.

Sempre emociona visitar a Basílica de São Francisco, construída no século XIII, por ordem do Papa Gregório IX –  obra-prima da arquitetura e também um dos tesouros da arte sacra italiana. O complexo foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e  é composto por duas basílicas (Superior e Inferior) e pela cripta onde está o túmulo de São Francisco.

Irmão vento, irmão sol, irmã lua
irmão lobo, tu és meu irmão
Rouxinol, sabiá, criaturas de Deus
Somos obras de suas mãos

Cantiga por Francisco – Padre Zezinho

Passear por suas ruas, praças e inúmeras igrejas é alimentar a alma. Degustar de sua gastronomia, nos inúmeros restaurantes é saciar o corpo.

Louvado sejas, meu Senhor, Por nossa irmã a mãe Terra Que nos sustenta e governa, E produz frutos diversos E coloridas flores e ervas.

O Cântico das Criaturas – São Francisco de Assis

Cabe destacar que, desta vez, não pude visitar a Basílica de Santa Maria degli Angeli e a Porziuncola, referências da fé francisca. A Porziuncola tornou-se a primeira igreja da Ordem Franciscana e representa o emblema da simplicidade franciscana. Foi aqui que Francisco morreu, em 3 de outubro de 1226, após ter sofrido sua enfermidade e, em retiro de austeridade, ter composto o “Cântico das Criaturas”.

Bem aventurados os que sustentam a paz, Que por ti, Altíssimo, serão coroados.

O Cântico das Criaturas – São Francisco de Assis

Melhor ainda foi poder fazer esta breve visita com os amigos de Portugal, aproveitando o domingo de sol.

ROMA

Roma merece um post específico. E isso farei com a ajuda de minha irmã que morou um ano na cidade eterna. Em breve postaremos aqui. Mas vale dizer que aproveitamos a breve estadia e comemoramos os 23 anos de casados dos amigos portugueses Susana e José. Felicidades aos dois! Exemplo de uma união madura, baseada no amor!

Amo a noite no Trastevere.
Nosso presente para o casal! Amei este Baco!
A noite ainda foi possível turistar e ver a Fontana di Trevi restaurada.

 

MAIS INFORMAÇÕES:

MUVIT – Museu del Vino – aqui 

MOO – Museu do Olivo e do Óleo – aqui 

Agriturismo La Montagnola – aqui 

Terre Margaritelli – vinho biológico – aqui

Sim, voltarei!

CONHEÇA NOSSA HISTÓRIA:

Veja post aqui e conheça nossa história.

Essa lindeza é para você, que leu este post até aqui!

IMPORTANTE:

O Viajante Maduro viajou a convite da Città del Vino. A opinião aqui expressa é a nossa verdade! A autoria das fotos é de Ivane Fávero e de José Arruda.

 

Meu irmão de coração!

CURIOSIDADES:

Alguém sabe explicar o motivo de senhas WiFi tão complicadas e longas????

Ai, estas sacadinhas!

Comentários