Mangiar Bene e Vivere Meglio – Dicas de Restaurantes e Hotéis em Monte Belo do Sul

 Il Borgo DiVino! Capítulo 4 – Comer e Brindar em Monte Belo do Sul

No quarto post  sobre Monte Belo do Sul, vamos falar de algo que amamos, um bom prato, uma excelente refeição! O município da Serra Gaúcha, localizado junto ao Vale dos Vinhedos é pequeno, como já falamos, mas já se configura como um destino enogastronômico, dada a qualidade de suas vinícolas, já apresentadas neste post, e aos excelentes restaurantes que possui. Falaremos sobre isso e, também, sobre a opção de hospedagem local e algumas dicas para se hospedar no próprio Vale dos Vinhedos.

Já leu os outros 3 posts sobre Monte Belo do Sul? Antes de seguir, acesse:

Sabores e Saberes em Monte Belo do Sul – Agroindústrias

Vita e Vino em Monte Belo do Sul – Vinícolas

Vivenciare la Vita – Experiências e Vivências Turísticas em Monte Belo do Sul

Monte Belo do Sul e sua imponente Igreja.

Onde Comer – Restaurantes de Monte Belo do Sul

 Há poucas e boas opções por aqui. Vamos indicar três agradáveis e diferentes possibilidades de vivenciar uma experiência enogastronômica em Monte Belo do Sul. Há outras opções, como bares mais simples ou, ainda, o agendamento em propriedades rurais, como a que divulgamos nos posts anteriores.
 Casa Olga
Já havia visto aquela casa e admirado, várias vezes. Quando soube que lá abriu um restaurante e que o mesmo era de duas mulheres que admiro, as irmãs Marta e Morgana Perin, fiquei louca para conhecer. Quando fomos convidados para conhecer o turismo de Monte Belo do Sul, surgiu a oportunidade.
Ao chegar, o sorriso da Morgana nos recebendo já nos demonstra que estamos sendo recebidos em casa. A casa da avó Olga. E é assim que segue a experiência gastronômica, em meio às memórias da casa.
Uma enceradeira num canto, malas nos maleiros do velho armário e uma cama no quarto. Sim, uma cama num dos cômodos do restaurante, servindo como um museu de época. É como voltar aos anos 50 (aproximadamente)  e poder ser recebido com o afeto de que só os que tem memórias e valores são capazes.
Logo que nos acomodamos foi servida uma entrada com um delicioso pão, um patê de alho poró, queijo e salame. Logo após, uma salada verde com os saborosos tomates confitados que elas preparam. Sobre o fogão à lenha, foi servido uma polenta e um ossobuco de lamber os beiços. Mas há outras opções: nos períodos mais frios do ano é servida uma feijoada que faz sucesso. Também há o Brasatto (carne de panela que fica imersa no vinho por 24 horas) com purê misto. É só escolher no momento da reserva. Ah, a sobremesa pode ser uma torta de maçã com creme de leite, ou uma pana cotta. Ambas provadas e aprovadas! A carta de vinhos apresenta vinhos locais e regionais de excelente qualidade. Não deixe de provar o limoncello no final desta experiência. Fecha com chave de ouro!
A casa é ambientada como se fosse a casa da nossa ‘mamma’ ou da ‘nonna’, como já contamos, e serve uma ‘cozinha afetiva’, mas não abre diariamente. Consulte informações e faça reservas pelo fone, e-mail ou facebook: 54  999774585 ou 981326519 (whats) –  morganaperin@hotmail.com   –   facebook.com/casaolga
Valor: R$ 45,00 (exceto bebidas) – no mês de outubro de 2017 (consulte na reserva).
Localização: Rua João Salvador, 305 (junto à Praça da Matriz e ao lado do Il Divino Café).

Gastronomia é comer olhando pro céu.

Millôr Fernandes

Il Divino Café
Como afirmam “O Monte já era Belo. Agora ficou Divino!” A casa mais encantadora do entorno da praça, antigamente pertencia à família Salton (da vinícola de mesmo nome), foi adquirida pela família de Anita Zafari, com seus filhos Guilherme e Ricardo, e restaurada para se tornar um espaço acessível a todos que já a admiravam!
Il Divino Café.
Nos 250 metos quadrados de área construída há dois ambientes para festas e eventos (nos dois pavimentos), mais a cafeteria que abre de quinta-feira até domingo, das 15 às 20, 21 ou 22h (depende o dia e o movimento).  No verão é muito aprazível sentar no deck externo e pedir um espumante ou vinho branco de  Monte Belo, ou uma cerveja artesanal, e degustar os lanches ou a pizza da casa, contemplando o movimento de final de dia desta graciosa cidade.

Situado no coração do Monte, em frente à Igreja São Francisco, o casarão de 1938 que fez parte da história de Monte Belo do Sul foi restaurado em todo o seu esplendor.

 Nós comemos uma deliciosa pizza por R$ 32,00 (ver foto) numa noite de sábado, e provamos a deliciosa torta de damascos. Estava frio e o fogão à lenha aquecia o ambiente, tornando-o ainda mais acolhedor.
Para informações e reservas: guilherme.zafari@hotmail.com – 3457-1153 –  facebook.com/Ildivino
Localização: Rua Antonio Manzoni, junto à Praça e a Igreja Matriz de Monte Belo do Sul.
 
“Cozinhar não é serviço. 
Cozinhar é um modo de amar os outros.” 
(Mia Couto – O Fio das Missangas)
Ristorante Nonna Metilde
O mais tradicional restaurante de Monte Belo do Sul, pertence à  família Manzoni e serve a aprazível culinária da imigração italiana. Administrado por Flávia Faccin Manzoni, preserva aquela identidade acolhedora do ‘porão do nonno’ ou da ‘casa da nonna’ e abre de segunda-feira a domingo, para almoço (das 11h30min às 14 ou 15h).
Nós provamos o prato italiano, num domingo ensolarado e friozinho, que foi apreciado com muito prazer.  Sopa, pães, queijos e salames, saladas, pien, massas, carnes, sobremesas, tudo preparado com muito carinho.
Comida confortável e deliciosa. Uma sopa de capeletti para começar!
O cardápio muda. Aos finais de semana é servido o “tipico colonial” por R$ 55,00 por pessoa e, durante a semana, atende com um buffet livre por R$ 25,00 ou R$ 32,90 por quilo.
Informações e reservas:  54 3457.1567 –   nonnamethilde@futurusnet.com.br  –  nonnametilde.blogspot.com  – facebook.com/nonnametilde
Localização: Rua Sagrada Família, em frente à Prefeitura de Monte Belo do Sul.
 

Onde se hospedar

No momento há somente uma opção de hospedagem em Monte Belo do Sul, o tradicional Hotel Bruschi. No entanto, como comentamos nos posts anteriores (vide acima), algumas propriedades estão se estruturando para receber pelo sistema AIRBNB. Outra possibilidade é se hospedar num dos excelentes hotéis do Vale dos Vinhedos.

 

Hotel Bruschi

Se quiser uma verdadeira imersão neste pequeno paraíso, hospede-se no Hotel Bruschi. O hotel é simples e familiar, mas como afirmam alguns hóspedes ‘é como estar na casa da avó’. Um casarão de madeira, com fachada em alvenaria, quartos modestos, café da manhã simples, mas um quê de familiar, que aconchega a alma e o melhor queijo com figada que já comi num hotel.

Hotel Brushi

Valor: Os quartos são modestos, com banheiro coletivo. Opte pelos apartamentos, com banheiro individual. – Hotel Bruschi – Diária em apartamento com ar-condicionado por R$ 165,00, e em quartos sem ar-condicionado por R$ 135,00, a diária por casal.

Informações e reservas: 54 3457 1048 –  facebbok.com/hotelbruschi –   marildabruschi@bol.com.br

Bem, se preferir um hotel com padrão mais elevado, hospede-se no Hotel Spa do Vinho ou no  Villa Michelon,  ou ainda, na Pousada Borghetto Sant’Anna, todos localizados no Vale dos Vinhedos, muito próximos de Monte Belo do Sul.

 

IMPORTANTE:

O Viajante Maduro visitou Monte Belo do Sul a convite da Prefeitura Municipal.

A opinião aqui expressa é a nossa verdade! A autoria das fotos é de Ivane Fávero.

Não deixe de curtir nossa página no Facebookno Pinterest, no Youtube e no Instagram. Também aproveita e te inscreve aqui no blog, cadastra teu e-mail, assina e depois, quando receber o e-mail em sua caixa de mensagens, confirma! Isso é super importante para a gente! Estímulo para continuarmos com este blog. Agradecemos!

Esperamos que tenham gostado desta postagem, que teve sua elaboração feita com muito carinho e atenção. Queremos compartilhar nossas experiências com o objetivo de ajudar aos nossos leitores a terem experiências e vivências memoráveis em suas viagens, como nós.

A programar sua viagem, utilize os links abaixo. As empresas e serviços aqui indicados foram testados por nós:

Acompanhe o Viajante Maduro. No próximo post, vamos fazer um completo, com todos os atrativos, produtos e serviços turísticos de Monte Belo do Sul!

Casa Olga Restaurante
Monte Belo do Sul, visto do Hotel Spa do Vinho, no Vale dos Vinhedos.

Comentários