Morro Reuter – a Cidade da Lavanda

Morro Reuter fez da lavanda sua grande inspiração. Cidade arborizada, limpa e que preza pela qualidade de vida, é conhecida por seus morros, mata nativa e vales. O Caminhos das Artes é outro destaque do município, com diversos artistas que fixaram residência e fazem Morro Reuter respirar arte por meio de seus escultores, artistas plásticos, artesãos, músicos e grupos de dança.

A oferta gastronômica é ampla, com cerca de 20 restaurantes na pequena cidade de pouco mais de 6 mil habitantes. A maioria dos estabelecimentos é voltada à culinária artesanal alemã – passada de geração em geração até hoje – e ao famoso café-colonial.

A estrada que leva a Morro Reuter já é, por si só, mais um atrativo: formada por curvas sinuosas delineadas por belas árvores, compõe um verdadeiro túnel verde.

Nos acompanhe também pelo Instagram e Facebook.

O que fazer

Logo na chegada à cidade, fomos conferir a Feira do Produtor, que reúne alguns produtores rurais do município. Os produtos são comercializados no prédio do Sindicato de Trabalhadores Rurais, localizado no centro da cidade (Rua Anita Garibaldi). Muitas pessoas vêm de cidades grandes da região metropolitana pra comprar tudo fresquinho. A dica é ir cedo!

Horário de atendimento

Às quartas-feiras, a feira ocorre das 14h às 18h30

Aos sábados, das 7h às 11h30

Contato

Site: www.morroreuter.rs.gov.br/feira-do-produtor-e-opcao-para-comprar-alimentos-saudaveis

 

Na cidade das lavandas, nada melhor que conhecer um campo das apaixonantes flores. Uma delícia se perder em meio a tanta cor e aroma! Morro Reuter trabalha desde 2015 para incentivar a cultura da planta no município, o que também fez surgir a Festa Nacional da Lavanda, com foco no turismo rural, realizando visitações às propriedades rurais e aos campos de lavanda. A próxima edição está marcada para ocorrer de 17 a 20 de março de 2022. Já coloquem na agenda!

A Emater estima que, atualmente, há 22 famílias dedicadas ao cultivo da lavanda em Morro Reuter e a área chega a 12 hectares. Com pelo menos duas safras ao ano, a cultura rende em torno de 84 toneladas a cada ciclo.

A variedade trabalhada no município é a dentata, bem adaptada ao solo e ao clima local. Diversas famílias desenvolveram receitas com produtos à base de lavanda, como bolachas, bolos, cerveja artesanal e sucos. Desta forma, já há uma cadeia de produção completa em torno da planta.

Visitamos a propriedade de Ari Closs, com 28 mil mudas plantadas. Há um ano e meio se dedica exclusivamente à lavanda, estruturando, além da extração do óleo, um futuro campo de visitação para turistas. Ari explica que, para obter 1 litro de óleo essencial puro, são necessários cerca de 300kg de lavanda (flor e folhas). A poda ocorre 10 meses depois das mudas plantadas e, após, cerca de 2 vezes ao ano.

 

Morro Reuter abriga também a Naturoils, empresa local responsável por parte da extração do óleo feita no município. A empresa foi criada em 2009 e é possível acompanhar a extração e conferir produtos feitos à base de lavanda, como produtos cosméticos e aromaterápicos. Dessa vez não conseguimos visitar, mas sabemos que as visitas devem ser previamente agendadas.

Contatos
Telefone: (51) 9 9976-8632
Instagram: @naturoilsoficial
E-mail: contato@naturoils.com.br
Endereço: R. Quinze de Novembro, 17 – centro – Morro Reuter – RS

A belíssima geografia de morros e vales de Morro Reuter pode ser contemplada no Morro Felskopf (também conhecido como Morro da Embratel). Situado a 705 metros acima do nível do mar, é possível enxergar diversas cidades, desde o Vale do Rio dos Sinos e edifícios de Porto Alegre, chegando até as chaminés do Polo Petroquímico, em Triunfo.

Felskopf significa “cabeça de rocha”. O mirante fica distante pouco menos de 2 quilômetros do centro da cidade e a elevação está situada sob um platô de rocha basáltica. Uma ótima dica de vista panorâmica!

Contatos
Telefone: (51) 3569-1455
Endereço: Rua Carlos Theobaldo Sperb – Morro Reuter – RS

Já o Parque de Mosaicos Caminho das Serpentes Encantadas faz jus ao nome: é simplesmente encantador. No alto da montanha de basalto, possui uma vista linda das cidades do Vale Germânico. No local, também é possível conferir a galeria de xilogravuras da artista Cláudia Sperb (que é a proprietária), além da sala Carlos Urbin, casa da Matriz, Belvedere Dedé Ferlauto e outros vários espaços. O pátio é uma galeria a céu aberto e a vista é maravilhosa. Adoramos o fusca de mosaico (o artista Jorge Bragança levou quatro anos pra terminar) e ainda aproveitamos pra “dar uma voltinha”.

Uma verdadeira imersão de arte e natureza!

Horário de atendimento

Aos sábados, domingos e feriados o parque funciona das 10h30min às 18h30min, sendo que a primeira visita do dia ocorre às 11h.

É possível fazer visitas guiadas, passar o dia no espaço e aproveitar para fazer um piquenique no ao valor de R$ 25 (crianças de 4 a 10 anos pagam R$ 10 e, quem tem mais de 65 anos, paga meia entrada).

Contatos
Telefone: (51) 9 9811-4432 | (51) 9 9959-6622 | (51) 9 8232-9877
E-mail: parquedemosaico@gmail.com
Endereço: VRS 873 km 02 n° 2280 – Morro Reuter – RS

 

Na BR116, Km 216, fica o Obelisco de livros. Com 10 metros de altura, representa uma pilha de 72 livros. O monumento, inaugurado em outubro de 2004, foi idealizado pelo uruguaio Gustavo Nakle.

Contatos
Telefone: (51) 3569-1455
Endereço: BR116 – Km 216 – próximo ao pórtico de entrada de Morro Reuter

 

Na Rua Quinze de Novembro, no centro, fomos conferir o Casarão das Artesãs de Morro Reuter. É possível adquirir uma série de produtos artesanais, como enfeites, toalhas e souvenires, além de um espaço dedicado exclusivamente à lavanda. O atendimento é de terças a domingos, das 11h às 17h.

Contatos
Telefone: (51) 9 8171-8998
Endereço: R. Quinze de Novembro, 27 – Morro Reuter – RS

Bem perto, na Rua João XXIII, fica a Igreja Matriz Imaculada Conceição, fundada em 1958.

Contatos
Telefone: (51) 3569-1266
E-mail: earmreuter@mitranh.org.br
Endereço: Rua João XXIII – Centro – Morro Reuter – RS

 

Nossa próxima parada ressaltou mais uma vez a vocação artística de Morro Reuter. No Atelier de Cerâmica Contemporânea Anelise Bredow também aprendemos mais sobre a lavanda. Comprei uma colar que funciona como difusor de aroma, basta pingar algumas gotas do óleo essencial. Claro que escolhi o de lavanda e a Anelise me explicou a diferença entre óleo e essência – sendo que o primeiro é o puro, extraído direto da planta (por isso, com valor mais elevado), já a essência é sintética e o aroma é produzido artificialmente.

Anelise é formada em Artes Plásticas pela UFSM e possui o atelier há 15 anos. A artista trabalha em duas frentes, uma com a cerâmica artística, com painéis e esculturas – que já levou para muitos locais do mundo, como Londres, por exemplo. A segunda abordagem inclui uma série de peças decorativas mais comerciais, que funcionam como souvenires. É possível adquirir peças a partir de R$ 3, o que democratiza o acesso de todos à arte. Vejam que interessantes as peças!

Horário de atendimento

De terça-feira a domingo e feriados das 10h às 18h

Contatos
Telefone: (51) 3569-2220 | (51) 9 8166-0181
E-mail: anelisebredow@gmail.com
Endereço:  Rod Br 116, Km 217, 851 – Centro – Morro Reuter – RS

 

Além do Caminho das Serpentes Encantadas, do Atelier de Cerâmica Anelise Bredow e do Casarão das Artesãs de Morro Reuter, que visitamos, o Caminho das Artes de Morro Reuter, surgido ainda em 2008, conta com os seguintes locais: Atelier e Museu Flávio Scholles, Studio Ricardo Steffen e Edelweiss Atelier de Artes e Antiguidades.

 

Onde comer

Nosso almoço foi no Restaurante Santa Luiza. Recebidos pelos proprietários Darlan e Nádia Scherer, provamos o cardápio farto e típico da imigração germânica. A herança pelo gosto de cozinhar vem da avó de Nádia e as opções são variadas, incluindo a entrada com sopa de legumes, saladas e o churrasco, com destaque para o assado de porco no forno, matambre recheado feito na panela e joelho de porco, além do bolinho de espinafre (que é uma delícia). Aliás, vale afirmar que mesmo quem não come carne, terá uma opção variada de opções, além das saladas que são lindas! Como sobremesa, o melhor doce de chuchu do “sul do mundo”, expressão usada por Darlan e que adoramos, mostra muito a mistura típica da culinária germânica que é misturar doces e salgados.

Contatos
Telefone: (51) 9 9958-3798
Endereço: Br 116 km 216 7500 – Centro – Morro Reuter – RS

Agradecemos a recepção da prefeita da cidade, Carla Cristine Wittmann Chamorro, vice -prefeito Airton Bohn e secretária da Indústria, Comércio, Agricultura, Turismo e Desporto, Sônia Maria Feldmann.

Esta é uma série sobre os nove municípios que integram o Vale Germânico: Araricá, Campo Bom, Dois Irmãos, Ivoti, Morro Reuter, Novo Hamburgo, Santa Maria do Herval, São Leopoldo e Sapiranga.

Viajamos a convite do Vale Germânico e contamos com o apoio das Prefeituras/Secretarias de Turismo dos municípios envolvidos e Sebrae RS.


Confira as demais atrações desta bela região gaúcha:


Importante:

O Viajante Maduro viaja como ideal de vida e profissão.

A opinião aqui expressa é a nossa verdade!

A série de textos sobre o Vale Germânico contou com a produção textual da publicitária Alexandra Ungaratto e fotos e vídeos da futura publicitária Lúcia Fávero Moraes, mas com nosso acompanhamento e, principalmente, nossa experiência e vivência.

Não deixe de curtir nossa página no Facebookno Pinterest, no Youtube e no Instagram. Também aproveita e te inscreve aqui no blog, cadastra teu e-mail, assina e depois, quando receber o e-mail em sua caixa de mensagens, confirma! Isso é super importante para a gente! Estímulo para continuarmos com este blog. Agradecemos!

Esperamos que tenham gostado desta postagem, que teve sua elaboração feita com muito carinho e atenção. Queremos compartilhar nossas experiências com o objetivo de ajudar aos nossos leitores a terem experiências e vivências memoráveis em suas viagens, como nós.

A programar sua viagem, utilize os links abaixo. As empresas e serviços aqui indicados foram testados por nós:

 

Comentários