fbpx

Perugia, Itália: Terra vibrante, de histórias e chocolate!

Partindo de Roma, de trem, com cerca de três horas de viagem, nosso destino final é Perugia, cidade localizada no alto de uma colina, com uma paisagem estonteante, é a capital e a cidade mais importante da Úmbria, região bem central da Itália.

Optamos por ir de trem com a Trenitalia para chegar a esta região e, assim, passar pelas seguintes estações: Narni, Terni, Spoleto, Trevi, Foligno, Spello, Assisi, até a chegada em Perugia. Preste atenção nisso. Veja a programação de trens aqui!

E nosso perrengue começou ali mesmo, com duas malas médias, bolsas e mochilas (tínhamos compromissos oficiais em Frascati e nos obrigamos levar mais roupas e calçados do que o necessário para uma viagem de lazer), tivemos que ir desde a parada do ônibus que conseguimos pegar na estação, até o início do centro da cidade, mas até chegarmos ao nosso hotel tivemos que subir inúmeras escadas. Foi realmente cansativo, mas deu para dar boas risadas no trajeto e descobrir que a cidade possui escadas rolantes espalhadas pela cidade para facilitar a vida de muitos.

Também descobrimos que deveríamos ter descido na seguinte estação de trem Stazione Pincetto, da qual partem os ônibus que deixam o visitante na Piazza Italia, bem junto ao centro histórico e ao lado do hotel em que nos hospedamos.

Assim como Frascati (post aqui), Perugia é uma cidade universitária, sede da Universidade de Perugia e a mais reconhecida faculdade de língua italiana para estrangeiros da Itália, a Università per Stranieri di Perugia por este motivo é um centro multi-étnico, onde várias culturas se unem, dia e noite há movimentação e é um ambiente eletrizante e incrível de se vivenciar.

Há uma escadaria na Piazza IV Novembre que é repleta de estudantes à noite, e é perceptível que, não importa sua renda, sempre dão um jeito de sair de casa e aproveitar a noite, seja em bares e restaurantes ou até mesmo na escadaria dos monumentos. Há lugar para todos.

  • Caso queira ler outros posts sobre a Itália, clique aqui.

História

Perugia tem pouco mais de três mil anos, fundada pelos Etruscos ainda possui inúmeras características da época, como exemplo os mais de 3 km de muralhas intactas rodeando a cidade e várias “portas” e arcos, como o Arco Etrusco e a Porta Marzia.

Foi conquistada pelos romanos no séc. III a. c. e disputada com Siena para o posto de cidade mais importante da região. Também já esteve sob o domínio papal. O principal ponto da cidade é o Centro Histórico, no topo da colina, em torno da Corso Vannucci, a principal rua da cidade, que ganhou esse nome em homenagem ao pintor local Pietro Vannucci, o Perugino.

Com mais ou menos 160 mil habitantes, grande em comparação a outras cidades italianas, Perugia é casa de uma das maiores fábricas de chocolate do mundo, a Perugina (falaremos mais abaixo) e também do maior festival de chocolate do mundo, a Eurochocolate, onde esculturas são esculpidas em enormes blocos de chocolate e várias empresas montam barraquinhas. Você pode degustar e comprar todo tipo de chocolate e produtos com chocolate. Este Festival acontece todo ano em outubro e neste ano (2019) o tema será Attacca Button – Botão de Ataque!

Além do chocolate, Perugia é famosa pelo Umbria Jazz, o mais importante festival de Jazz do país e um dos maiores do planeta, que acontece anualmente em julho onde bandas e cantores de várias partes do mundo fazem shows em todas as praças; tem ainda comida de rua, quiosques com chopp e tudo o que há de melhor do Jazz.

A cidade é candidata para tornar-se a capital cultural da Europa em 2019!

  • Viaje tranquilo e com segurança, faça seu seguro viagem aqui.

 

Onde ficar em Perugia

Recomendamos o Hotel La Rosetta, estabelecido no centro da cidade é lugar fácil para circular, sendo possível sair à noite e já estar no melhor lugar da cidade, onde tudo acontece. Para duas pessoas e duas diárias pagamos o total de 150 €. Preço acessível pela sua boa localização; os funcionários e recepcionistas são extremamente gentis e atenciosos. Há um ótimo café da manhã, o melhor durante toda nossa viagem. Possui também um restaurante, no entanto, o preço é bem mais elevado.

O que comer

O valor das refeições varia. Escolhemos almoçar muitas vezes pedaços e pizzas para fazermos um jantar mais reforçado.

Algumas dicas:

Normalmente eles cobram o ‘coperto’ nada mais é do que você pagar para sentar nas mesas do restaurante.

Em média, nossas refeições custaram entre 20€ a 28€ (para duas pessoas), sendo essas refeições belas pizzas e/ou massas (conhecidas como primi piatti).

Realizamos o sonho de visitar uma famosa pizzaria, Pizzeria Mediterranea, conhecida por ter massas de fermentação natural o que deixa tudo mais leve. No entanto, cuidado! Cometemos um erro, pedimos a clássica pizza margherita, incrivelmente deliciosa, e uma pizza chamada o’cazone, no cardápio parecia ótima, mas quando vimos o pizzaiolo preparando a mesma, de cara nos arrependemos! Ela não vem aberta como uma pizza normal, mas sim como um calzone, e tem muita ricota, realmente não gostamos. Anota esse nosso erro para não o cometer também, mas mais do que isso não esqueça de pedir a tradicional pizza margherita, nos deixou com um gostinho de quero mais! O valor desta refeição com mais uma cerveja e uma coca-cola, bem como o coperto custou 19,70€.

 

Monumentos de Perugia

Fontana Maggiore é uma belíssima fonte, com obras de Nicola e Giovanni Pisano, duas bacias em mármores, foi construída entre 1275 e 1278 para celebrar a chegada da água, por um novo aqueduto, na parte alta da cidade. A água da fonte vem das montanhas de Pacciano. Na bacia inferior da fonte, são representados os meses do ano com os signos do zodíaco e cenas da cultura agrária e feudal tradicional, além das artes liberais e personagens da Bíblia e história romana.

Duomo ou Catedral San Lorenzo foi construída em 1345 em homenagem a San Lorenzo, seu interior é belíssimo. Mas lembre-se de ir com os ombros cobertos. É uma boa pedida também para fugir um pouco do calor, caso você visite a Itália no verão.

Palazzo dei Priori é o edifício do Governo, construído em várias fases, desde 1293 até 1443. Entre seus aposentos ricamente decorados com afrescos sobre o Antigo Testamento está a Sala dei Notari (1295), antigo salão dos advogados/tribunal, também neste edifício está a antiga casa de câmbio medieval da cidade. A fachada exibe estátuas dos dois símbolos da cidade, o Grifo (criatura com corpo de leão e asas de águia) e o leão. No terceiro andar deste edifício fica a Galeria Nacional da Umbria, com a maior coleção de pinturas da região em mais de 40 salas, lembrando que a arte sacra é predominante aqui.

Arco Etrusco ou Arco de Augusto como é conhecido, é um dos 7 portões da muralha da cidade antiga de Perugia. Foi construído na segunda metade de séc III a.c e restaurado por Augusto no ano 40 a.c, é o portão mais preservado de todos e o mais imponente para a cidade. Ali pode se ver escrito o nome de Perugia ainda como era antigamente, Augusta Perusia.

Poço Etrusco construído há mais de 300 anos a. c., na época etrusca. Fica bem próximo à Piazza IV Novembre.

Via dell’Acquedotto é um Aqueduto que tem mais de 3 km e ficou pronto em 1277, levando água até o centro da cidade, na Fontana Maggiore. Foi por muitos anos o único meio de levar a água até lá, mas, por problemas de manutenção, desde 1835 não é mais utilizado. Assim, foi transformado em uma via para pedestres, para que as pessoas pudessem se locomover mais facilmente pela cidade.

Rocca Paolina é uma fortaleza construída a pedido do papa Paolo III, em 1540, e foi até 1860 o símbolo do poder papal sobre a cidade. A fortaleza tinha como objetivo proteger os habitantes da cidade contra invasores. É movimentada, pois, em 1983, recebeu escadas rolantes que ligam o centro antigo com a parte baixa e mais moderna da cidade, saindo da Piazza Partigiani e subindo até a Piazza Italia. A cidade atual fica praticamente em cima desta “cidade” subterrânea e hoje acontecem mostras e exposições.

A Igreja de Sant’Angelo é uma das mais antigas igrejas de Perugia, foi construída entre os séculos V e VI em formato circular e internamente possui elementos que designam a origem pagã, como o altar e a estrela de cinco pontas gravada em uma pedra, é também é conhecida como Templo de Miguel Arcanjo, pois foi construída em homenagem a este anjo. A Igreja fica no norte da cidade, é um lugar calmo e tranquilo onde encontramos pessoas correndo e estudando no gramado.

  • Você pode alugar um carro para sua viagem aqui.

Visita à Fábrica Perugina

Quem não conhece o famoso chocolate Baci?!?!

Bacio em italiano quer dizer “beijo”, e baci é o plural da palavra, portanto “beijos”. É o único local do mundo que produz o bombom. É feito com chocolate, pasta de avelã, uma avelã inteira no topo, o que dá seu charme maior e é coberto com chocolate meio amargo. Além disso, dentro de cada embalagem tem uma mensagem de amor em italiano e inglês, bem italiano né? Mais romântico impossível!

Foi cena de inúmeros filmes e é uma explosão de sabores na boca. Recentemente foi comprada pela Nestlé, mas a história inicial dos Chocolates Perugina é superinteressante.

Os chocolates são feitos em uma fábrica nos arredores de Perugia, em San Sisto, é a única fábrica do mundo que faz Baci: mais de um milhão por dia, e é exportado para mais de 100 países, como o Brasil.

Fizemos um tour guiado pela fábrica, visitamos o museu do chocolate e ainda tivemos uma degustação com alguns dos chocolates fabricados por eles (veja o IGTV sobre o tour no nosso perfil do Instagram). O ingresso para o mesmo custou 9€ e leva mais ou menos uma hora, mas sem dúvida alguma é uma experiência insubstituível para todas faixas etárias.

 

Importante:

O Viajante Maduro viaja como ideal de vida e profissão.

Esta matéria contou com a colaboração da futura publicitária Lúcia Fávero Moraes.

A opinião aqui expressa é a nossa verdade!

Não deixe de curtir nossa página no Facebookno Pinterest, no Youtube e no Instagram. Também aproveita e te inscreve aqui no blog, cadastra teu e-mail, assina e depois, quando receber o e-mail em sua caixa de mensagens, confirma! Isso é super importante para a gente! Estímulo para continuarmos com este blog. Agradecemos!

Esperamos que tenham gostado desta postagem, que teve sua elaboração feita com muito carinho e atenção. Queremos compartilhar nossas experiências com o objetivo de ajudar aos nossos leitores a terem experiências e vivências memoráveis em suas viagens, como nós.

A programar sua viagem, utilize os links abaixo. As empresas e serviços aqui indicados foram testados por nós:

Comentários