Pueblo Liebig, um peculiar destino argentino próximo à fronteira com o Uruguai

Escolhemos voltar ao Uruguai pela fronteira de Colón, na região argentina de Entre Rios, e Paysandú, no Uruguai. O caminho foi escolhido pela nossa vontade de conhecer nosso destino no Uruguai, Tacuarembó, onde falaremos mais sobre no próximo post.

Conhecemos a cidade de Colón, que não conta com tantos atrativos, mas oferece uma bela vista por ficar à beira do Rio Uruguai. A 10km da cidade, entretanto, foi onde encontramos um ‘tesouro’: o Pueblo Liebig.

A história de Pueblo Liebig

A história começa em 1903, quando uma pequena casa de salga que dava origem a uma pequena aldeia a 10km da então Villa Colón é comprada pela inglesa Liebig Meat Extract Company. Em 1910, a propriedade foi expandida em incríveis 44 mil hectares, abarcando as regiões de Entre Ríos, Corrientes e Missiones. A fábrica era referida como a ‘maior cozinha do mundo’. Até a década de 1950, eram cerca de 1.500 animais abatidos por dia. A empresa chegou a empregar 3.500 trabalhadores nos turnos diurno e noturno.

O maior momento de auge da fábrica foi durante a Segunda Guerra Mundial, responsável por aumento na demanda de alimentos nos países central. Um alemão, então, desenvolveu um sistema de enlatamento da carne produzida para envio para a Grã Bretanha.  Com o fim da guerra, as modificações das leis da União Europeia, mudanças tecnológicas e os novos gostos do mercado, a empresa sentiu a decadência da produção.

Em 1970, a fabrica foi fechada por um ano, quando foi comprada e revendida por duas empresas até parar na mão de um comprador espanhol, detentor da propriedade até hoje. O curioso é que, ao comprar a fábrica, o proprietário não sabia que a compra incluía uma grande quantidade de casas que foram construídas à época para abrigo dos funcionários. Atualmente, estas casas são alugadas para turistas que vêem ao vilarejo passar o verão. A fábrica, entretanto, é fechada para visitação.

O legado da presença da fábrica que fundou o vilarejo lembra um lugar ‘parado no tempo’, com eficiente estrutura construída, com igreja, hospital, escola, farmácia e creche, mas tudo isso reminiscente de uma época de prosperidade que chegou ao fim. É interessantíssimo observar estas construções, principalmente as casas. Atualmente, o principal atrativo do local é o turismo proporcionado por toda essa história.

Nos hospedamos na Hospedaria Casa Vieja, um charmoso e confortável lugar onde fomos muito bem recebidos pelos proprietários. A hospedaria está rodeada de um entorno propício para descanso e relaxamento. A casa conserva a arquitetura colonial da época de fundação do vilarejo.

Após conheceremos o vilarejo, pegamos estrada em direção ao Uruguai.

A imigração da Argentina para o Uruguai foi a mais simples de toda a viagem. Não é necessário nem sair do carro… entregamos os documentos e seguimos viagem após um processo único e rápido.

Vale lembrar que para entrar no Uruguai, os documentos obrigatórios são: RG ou passaporte; Seguro carta verde para o carro; nota fiscal de bens importados comprados legalmente no Brasil, e (como no Rio Grande do Sul), é obrigatório usar o farol de luz baixa o tempo todo e em todo lugar. Os itens de segurança, diferentemente da Argentina (link migração argentina), são os mesmos requisitados no Brasil.

Importante:

O Viajante Maduro viaja como ideal de vida e profissão.

Esta matéria contou com a colaboração da jornalista Júlia Beatriz de Freitas.

A opinião aqui expressa é a nossa verdade!

Não deixe de curtir nossa página no Facebookno Pinterest, no Youtube e no Instagram. Também aproveita e te inscreve aqui no blog, cadastra teu e-mail, assina e depois, quando receber o e-mail em sua caixa de mensagens, confirma! Isso é super importante para a gente! Estímulo para continuarmos com este blog. Agradecemos!

Esperamos que tenham gostado desta postagem, que teve sua elaboração feita com muito carinho e atenção. Queremos compartilhar nossas experiências com o objetivo de ajudar aos nossos leitores a terem experiências e vivências memoráveis em suas viagens, como nós.

A programar sua viagem, utilize os links abaixo. As empresas e serviços aqui indicados foram testados por nós:

Comentários