Rosário, destino indispensável no seu roteiro pela Argentina

A belíssima Rosário deve ser incluída no roteiro de qualquer um que faça uma road trip pela Argentina. Aqui, reunimos os principais motivos para você conhecer a terceira cidade mais populosa do país ‘hermano’. E que cidade!

Rosário fica localizada na província de Santa Fé, a 300km de Buenos Aires. Tem um ambiente muito único, por ser uma cidade universitária com vida moderna e agitada e ao mesmo tempo manter fortes traços interioranos.

Presteza e organização das autoridades

Nos impressionamos com a presteza, cordialidade e organização dos órgãos governamentais responsáveis pelo turismo no local. A Secretaria Municipal de Turismo, que realiza um trabalho integrado com o Ministério de Turismo, demonstrou-se muito cordial e disposta a nos sanar dúvidas e indicar passeios.

Antes da viagem, recebemos um e-mail com diversas informações úteis – e em português!

A Secretaria também desenvolveu um aplicativo para os turistas. É o ROSARIO TURISMO, app que auxilia o turista a organizar um roteiro personalizado pelos principais pontos de interesse da cidade. Tudo isso de acordo com os gostos individuais de cada um.

De quebra, ainda ganhamos ‘brindes’, como bonés e bolsas.

Prédios Históricos

A conservação dos prédios históricos impressiona. A beleza e os detalhes das construções arquitetônicas chamam a atenção e as histórias dos prédios são interessantíssimas e de imenso valor para quem deseja entender um pouco mais sobre a formação da Argentina. Também ficamos sabendo que existem agências que oferecem tours pelos prédios históricos da cidade. Para os interessados em uma imersão do gênero, vale se programar para um tour.

Parques e belezas naturais

Rosário é uma cidade com grande número de parques. São áreas verdes que proporcionam uma alta qualidade de vida aos seus moradores, que parecem ser bem ativos.

Fomos ao conhecido Parque Nacional da Bandeira, onde fica o Monumento Histórico Nacional de la Bandeira, que nos foi dito ser o único no mundo. A cidade é o ‘berço’ da bandeira argentina e o monumento simboliza o lugar onde ela foi hasteada pela primeira vez, em 1812. É considerado um dos pontos mais importantes do país. A obra de 10.000 metros quadrados, revestida de mármore travertino, representa a Pátria como um navio imaginário que avança ao futuro pelo mar da eternidade

Também visitamos o Parque da Independência, principal área verde da cidade. Um lugar muito bonito que abriga museus, jardins, hipódromos e área para crianças.  Entre as atrações, destacamos o encantador Rosedal, um jardim de rosas de 1915 com diversas espécies de rosas, cercado de esculturas e fontes de água. Belíssimo!

Indicamos o passeio de barco veleiro pelo Rio Paraná, oferecido pela empresa Island Explorer. É um passeio de alta qualidade, onde pudemos observar ilhas do rio, e além, claro, da diversa e abundante fauna e flora da região. A empresa, conduzida por Marcelo, oferece o passeio em barcos veleiros ou botes infláveis.

Rosário, por fim, é uma cidade com grande número de clubes de iate, natação e outros esportes, já que é cercada de praias de rio muito bem conservadas. O balneário mais conhecido é o La Playa Florida, praia particular que cobra uma taxa de acesso.

Experiências gastronômicas

No quesito comida, indicamos o Sunderland Bar y Restaurant, um restaurante clássico da cidade que carrega uma bela história.

O restaurante foi um antigo armazém fundado na década de 30 e que se tornou um local ícone da cidade, palco de diversas anedotas de personalidades marcantes. Em 1989, um incêndio destruiu completamente o local, que ficou fechado até 2012, quando um novo proprietário comprou o estabelecimento e o reconstruiu.

Atualmente, o lugar oferece uma valiosa experiência gastronômica, com grande número opções de pratos regionais, além de contar com o clima histórico do antigo armazém. O cliente pode ver os resquícios e objetos ‘sobreviventes’ do incêndio, bem conservados e em exposição no interior do restaurante. Há também um livro de visitas com autógrafos de pessoas ilustres como o escritor Eduardo Galeano e o cantor Joan Manuel Serrat.

Recomendamos uma refeição neste lugar mágico, com tanta história pra contar!

Também almoçamos no restaurante Parrilla Escauriza, onde experimentamos o boga escauriza, peixe do Rio Paraná e também o pacu do mesmo rio. Oferecem outra grande variedade de opções de pescados de rio e do mar, além de parrillas e massas em uma localização privilegiada com vista para o rio.

Outros pontos de interesse

Cassino City Center, considerado o centro de entretenimento mais moderno da América Latina.

Mercado Pátio, passeio gastronômico único, onde é possível comprar, conhecer, experimentar e curtir a grande variedade de aromas e sabores de uma das principais regiões produtoras de alimentos do país.

Calçadão Córdoba, para conhecer ícones arquitetônicos da cidade. Também é um trajeto com muitas opções de compras por atravessar importantes galerias e lojas comerciais.

Feira do Bulevar, uma feira de cerca de 120 barraquinhas de artesanatos instaladas na interseção do Bv. Oroño com o rio. As barracas apresentam artesanatos de diferentes materiais: madeira, ferro, cerâmico e até papel, velas e tecidos. Desse lugar, você só tem que atravessar a Avenida da Costa para encontrar um bar e, mais uns passos nessa direção, ao pé do rio, um restaurante e o Museu de Arte Contemporânea, outra indicação para os amantes da arte!

Teatro El Círculo, o principal teatro da cidade e um dos mais notáveis do país. Foi construído em 1904 seguindo as linhas arquitetônicas do neoclassicismo italiano. A condição acústica da sua sala principal se destaca como uma das melhores do mundo.

Recomendação de hospedagem

Nos hospedamos no hotel da rede Esplendor, no centro da cidade, em um bem conservado e confortável prédio antigo. Percebemos, entretanto, que há uma vasta quantidade de opções de hospedagem na cidade, entre elas, excelentes hotéis. A recomendação é que se escolha algum no centro ou no bairro Pichincha, onde ocorre a Feira Pichincha, uma grande feira de antiguidades, além de espaços de comercialização de artesanatos. O bairro também é um centro gastronômico.  Para agendar sua estadia em Rosário e verificar preços, clique aqui.

Voltaremos, Rosário!

Fomos embora da cidade pela bela Ponte Rosário – Victória, sobre o Rio Paraná e que liga as duas cidades de mesmo nome.

Partimos de Rosário com um gostinho de ‘quero mais’. Em três dias não conseguimos fazer tudo o que o destino tem a oferecer nas mais diversas áreas: cultural, artística e de natureza. É uma cidade um tanto acessível aos brasileiros (fica a 730km de Uruguaiana, RS) e impressiona pela rica cultura, vida movimentada, povo cordial e pontos tão interessantes para se conhecer. Voltaremos!

Importante:

O Viajante Maduro viaja como ideal de vida e profissão.

Esta matéria contou com a colaboração da jornalista Júlia Beatriz de Freitas.

A opinião aqui expressa é a nossa verdade!

Não deixe de curtir nossa página no Facebookno Pinterest, no Youtube e no Instagram. Também aproveita e te inscreve aqui no blog, cadastra teu e-mail, assina e depois, quando receber o e-mail em sua caixa de mensagens, confirma! Isso é super importante para a gente! Estímulo para continuarmos com este blog. Agradecemos!

Esperamos que tenham gostado desta postagem, que teve sua elaboração feita com muito carinho e atenção. Queremos compartilhar nossas experiências com o objetivo de ajudar aos nossos leitores a terem experiências e vivências memoráveis em suas viagens, como nós.

A programar sua viagem, utilize os links abaixo. As empresas e serviços aqui indicados foram testados por nós:

 

Comentários