Villa La Angostura – Patagônia Argentina – A cidade das Flores

Chegamos à cidade das flores! De fato, é realmente o jardim da Patagônia, a cidade mais florida que visitamos. Inclusive, encontramos muitos brincos de princesa (flor símbolo do RS).

Pausa para dizer que amamos a relação dos argentinos com os cachorros – por aqui estão passeando estre as pessoas, todos bem cuidados e tratados com respeito – integrados ao ambiente.

Aproveitamos para conhecer a chocolateria Mamuschka (@mamuschkachocolate), que tanto nos recomendaram… uma perdição!

No Mirante Inalco curtimos mais uma belíssima paisagem (há tantas…).

Em seguida, motivados por historias (ou estórias) que lemos, fomos conhecer o local onde dizem que Hitler morou depois do final da Segunda Guerra Mundial… Pegamos um lindo caminho de estrada de chão, que leva à suposta casa. A construção está localizada numa área de 452 m quadrados na costa de Nahuel Huapi, porém chegamos numa cerca construída recentemente e, então, não avançamos. Há muitas historias e vídeos deste lugar que esteve à venda em 2017. Se algum seguidor tiver mais detalhes sobre, adoraríamos saber…

Aproveitamos para conhecer o rio mais curto do mundo – o Rio Correntoso e sua ponte antiga e charmosa, com sua a agua cristalina, ora azulada ora esverdeada, linda demais, deixando-nos embasbacados!

Onde ficar

Ficamos no hotel Las Aguas Rio Bonito. Uma casa imensa e linda, toda nossa por dois dias! Ficamos encantados (@ lasaguasriobonito)! O Rio Bonito passa ao lado, e fomos dar uma caminhada até ele, molhar os pés e conectar com a natureza. Acabamos improvisando um almoço na beira da água utilizando nossa cesta de piquenique, com direito a cerveja gelando em método natural, diretamente na água do rio!

 

Onde comer

Já para jantar fomos ao restaurante Tinto Bistro (@tintobristo). Os espaços são lindos e aconchegantes, com uma adega que adoramos. Escolhemos um vinho especial para este momento, um malbec orgânico da @animalorganic, (e que vinho!) para acompanhar a entrada de pão de fermentação natural com manteiga saborizada; burrata com divinas azeitonas e tomate seco; robalo e ojo de bife; sobremesa de chocolate e frutas vermelhas.

Do lado de fora do restaurante era possível ouvir a música da festa dos jardins de @turismovla, mas os maduros aqui só passaram pela festa a caminho do hotel para descansar!


Esta é uma série de postagens sobre a viagem que o Viajante Maduro realizou pela Patagônia Argentina e Chilena, além de Buenos Aires e Mendoza, de janeiro a março de 2022. A viagem foi feita de carro e levou 50 dias, percorrendo mais de 11 mil quilômetros.


 

Confira as outras matérias sobre nossa Road Trip pela Patagônia


Importante:

O Viajante Maduro viaja como ideal de vida e profissão.

A opinião aqui expressa é a nossa verdade!

Esta matéria contou com a produção textual da publicitária Alexandra Ungaratto e com a colaboração da futura publicitária Lúcia Fávero Moraes.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook, no Youtube e no Instagram. Também aproveita e te inscreve aqui no blog, cadastra teu e-mail, assina e depois, quando receber o e-mail em sua caixa de mensagens, confirma! Isso é super importante para a gente! Estímulo para continuarmos com este blog. Agradecemos!

Esperamos que tenham gostado desta postagem, que teve sua elaboração feita com muito carinho e atenção. Queremos compartilhar nossas experiências com o objetivo de ajudar aos nossos leitores a terem experiências e vivências memoráveis em suas viagens, como nós.

Comentários