7 Atitudes para Ser um Viajante Maduro Consciente

O termo “viajante maduro” não se limita à idade. Significa também ter atitudes realmente maduras desde o momento em que se desembarca em um novo lugar.

O mundo está se transformando e exige cada vez mais consciência nas decisões de compra. Inevitavelmente, isso provoca mudanças na hora de planejar uma viagem.

Ainda bem, já que atitudes sustentáveis em viagens são cada dia mais necessárias na contramão de um turismo predatório e sem reflexão que mostra consequências catastróficas.

As pessoas têm se atentado a isso e um novo modo de fazer turismo começa a nascer.

Um levantamento realizado pelo site de reservas Booking.com mostrou que 49% dos viajantes entrevistados consideram as questões sociais antes de escolher um destino. O número aumenta para 58% entre os que dizem recusar viajar a lugares onde sua presença terá impacto negativo na vida dos locais.

A mesma pesquisa mostrou que 86% dos turistas estão dispostos a reservar algum tempo de suas viagens para atividades que compensem o impacto de suas estadias na natureza. Destes, 37% gostaria de ver os destinos turísticos de natureza livres de lixo e plástico.

Então, como um comportamento de um viajante maduro deve ser?

Maturidade implica consciência e responsabilidade. Por isso, reunimos aqui algumas dicas fornecidas pelo casal Viajante Maduro. São conselhos fáceis de seguir para viajar de modo que adicione, não subtraia – de modo que colabore, não explore. Enfim, que impacte positivamente o destino turístico escolhido, independente de qual este seja.

 

1. Utilize garrafinha de água com filtro de carvão ativado

Vamos começar pelo básico. Para melhor aproveitar sua viagem, lembre-se de se manter hidratado.

E faça-o do melhor modo possível – tanto para sua saúde quanto para seu meio ambiente. Uma opção para isso é carregar uma garrafinha com filtro de carvão ativado.

São três os principais benefícios da garrafa: economia de dinheiro (quem viaja sabe o quanto pode ser caro uma simples garrafa de água em locais turísticos); menos uso de plástico e consumo de água mais pura e saudável.

O carvão ativado ajuda a purificar a água de toxinas e produtos químicos através de poros minúsculos. Assim, também diminui odores, remove cloro e melhora a clareza da água. Pode ser o melhor amigo do viajante que se aventura em locais com qualidade de água “duvidosa”.

 

2. Compre produtos locais

Ao chegar em um novo destino, transforme a experiência da viagem em uma troca. Busque valorizar o lugar que irá lhe uma experiência única: compre produtos locais.

Isso se aplica a tudo – de vestuário à comida. Priorize o mercado local às multinacionais, empresas pouco ou nada responsáveis pelo desenvolvimento sócio econômico das cidades em que estão presentes.

Fomente o mercado local e, assim, ajude os moradores a conquistarem independência e soberania do lugar onde vivem.

Além disso, todos ganham: você vai sair de lá com produtos únicos e selecionados. Isso serve também na hora de comprar lembranças para amigos e famílias – a proximidade com o lugar não visitado é maior e o presente, ainda mais significativo.

O casal do blog Viajante Maduro é associado ao movimento Slow Food, organização que preza pelo consumo consciente. Isso permite a realização de viagens com experiências culturais e gastronômicas mais completas e benéficas ao meio ambiente e ao ser humano. O Slow Food possui empreendimentos associados ao redor de todo o mundo e também é uma boa dica procurar algum no local visitado.

 

3. Compre de pequenos negócios

Negócios pequenos e familiares têm se mostrado cada vez mais benéficos à saúde do nosso planeta em todos os sentidos. Além de proporcionar melhores condições econômicas às famílias, livra-as de grandes empresas que priorizam o lucro a qualquer custo, mesmo que este implique na precarização da mão de obra e a irresponsabilidade cega com o recursos e com o meio ambiente em que estão localizadas.

Por isso, não pense duas vezes ao escolher entre aquela rede de café presente no mundo todo e a padaria aconchegante da esquina onde muitas vezes é o próprio dono que te atende.

 

4. Descarte o lixo corretamente

Muito se fala disso, mas chamar a atenção ao lixo descartado incorretamente ainda é, infelizmente, necessário.

Nas praias e trilhas, saia deixando apenas as suas pegadas. Nada mais. O modo mais rápido e difícil de contornar de estragar por completo um local antes bonito e agradável é o contaminando com lixo – plástico, garrafas e latas. Descarte dejetos adequadamente e mantenha o que é bonito, seja cidade ou natureza, do jeito que você esperava encontrar quando chegou lá.

Lembrando que também não basta deixar de usar canudinho de plástico, temos de estar alerta e reduzir o uso de qualquer embalagem plástica, tão nociva ao meio ambiente.

É importante exercitarmos a reverência e a gratidão aos lugares pelos quais passamos. Nunca é demais relembrar o estado caótico em que nosso meio ambiente e a humanidade se encontram pela falta dessas virtudes.

 

5. Evite destinos massificados

O turismo predatório é uma realidade que hoje nos afronta mais do que nunca. Os resultados estão aí para qualquer um ver e não devem ser ignorados.

Destinos como o Machu Picchu, no Peru, tiveram de limitar a quantidade de turistas por dia pelas alterações provocadas no patrimônio histórico.

Veneza também estuda a possibilidade de limitar a entrada de turistas por dia e priorizar os que ficam mais tempo na cidade e capazes de valorizar verdadeiramente a cultura local ao conhecer melhor a cidade.

Por isso, nossa dica é: pesquise sobre cidades e locais menos massificados e se surpreenderá com o que pode encontrar por aí.

O Peru é muito mais do que suas instalações pré históricas e a Itália tem muito mais a oferecer do que as lindas paisagens de Veneza.

Assim, você também dará chance a lugares de se desenvolverem de modo saudável através da fomentação do turismo. Dê a oportunidade. Os relatos aqui do blog sobre tantos destinos fora do usual são provas de que você não se arrependerá da tentativa.

 

6. Descontaminação digital

Aproveite seus passeios para desconectar um pouco do celular.

A tecnologia hoje nos ajuda de modo impensável em outros tempos e em viagens isso não é diferente.

Mas decida o quanto e com o que você pode se beneficiar verdadeiramente disso em uma viagem.

Enquanto o GPS pode nos salvar de apuros em um lugar desconhecido, uma informação pode ser ainda melhor quando obtida perguntando aos moradores locais. Indicações e análises de pessoas que conhecemos são, geralmente, mais efetivas que o “rating” do Google.

Compartilhe com seus amigos, mas lembre-se de prestar mais atenção ao seu redor do que às curtidas em uma tela.

Rotineiramente, muitos dos empregos e hobbies estão diretamente ligados às redes sociais. Aproveite a viagem para experienciar o aspecto mais humano da vida e dos lugares e fazer um detox de opiniões alheias.

Desacelere, relaxe e aproveite a viagem ao máximo. Volte recarregado, volte uma pessoa melhor do que era antes.

 

7. Preze pelas experiências

Menos souvenirs, mais experiências. Menos pressa e quantidade em visitar, mais qualidade do que se visita.

Essa é a tônica do novo turismo em um mundo que cada dia mais se dá conta de que a transformação do mundo passa por vivências humanas, e não acumulação de coisas.

Conheça pessoas do local, não só guias turísticos e gerentes de hotéis. Busque entender a realidade de outro ser humano longe da sua cidade e do seu círculo social. A consequência é uma e é a melhor: sua capacidade de entender o mundo se ampliará de modo estrondoso.

Afinal, viajar não é sobre entender melhor o mundo? Planeje conscientemente e tenha uma viagem valorizada pelo melhor que possuímos como seres humanos. É isso que o casal Viajante Maduro, busca fazer.

 

Essa matéria foi redigida pela jornalista Júlia Beatriz de Freitas com informações e dicas fornecidas por Ivane Fávero e Rômulo de Jesus de Freitas, responsáveis pelo blog Viajante Maduro.

 

Importante:

O Viajante Maduro viaja como ideal de vida e profissão. Também por amor aos seus familiares.

As fotos são de Ivane Fávero.

A opinião aqui expressa é a nossa verdade!

Não deixe de curtir nossa página no Facebookno Pinterest, no Youtube e no Instagram. Também aproveita e te inscreve aqui no blog, cadastra teu e-mail, assina e depois, quando receber o e-mail em sua caixa de mensagens, confirma! Isso é super importante para a gente! Estímulo para continuarmos com este blog. Agradecemos!

Esperamos que tenham gostado desta postagem, que teve sua elaboração feita com muito carinho e atenção. Queremos compartilhar nossas experiências com o objetivo de ajudar aos nossos leitores a terem experiências e vivências memoráveis em suas viagens, como nós.

A programar sua viagem, utilize os links abaixo. As empresas e serviços aqui indicados foram testados por nós:

 

Comentários